Muitas empresas já praticam a integração de segurança, porém, o novo texto da NR01, que entrará em vigor em agosto de 2021, torna esse treinamento obrigatório para todos os seguimentos, que até então era obrigatório somente para a indústria da construção civil, que já preconizava no texto da NR18 o treinamento admissional.

Algumas informações sobre a integração de segurança:

                                     NR01 – Treinamento Inicial – Integração de segurança

Público-alvo: Todos os colaboradores.

Carga horária: Não definida na NR01.

Qual a periodicidade: Não definida na NR01.

Pode ser realizada de acordo com o prazo estabelecido pelo empregador ou em casos de mudanças de função que implique em alteração de risco.

Conteúdo programático:

  • os riscos ocupacionais que existam ou possam originar-se nos locais de trabalho;
  • os meios para prevenir e controlar tais riscos;
  • as medidas adotadas pela organização;
  • os procedimentos a serem adotados em emergência; e
  • os procedimentos a serem adotados, no caso de constatação de risco grave e eminente para sua vida e saúde.

                 Outros treinamentos iniciais:

Além da integração de segurança que aborda um conteúdo maior de regras gerais, é preciso um plano de capacitação para seus colaboradores com os treinamentos específicos por função e atividades.

Os colaboradores que exercem atividades em altura, espaço confinado, realizam atividades com eletricidade, operam máquinas e equipamentos e exercem outras atividades com riscos, além de passarem pela integração de segurança deverão fazer os treinamentos específicos contidos nas NRs antes de iniciarem suas atividades.

Lembre-se sempre que as capacitações deverão ocorrer:

  1. antes do colaborador assumir suas atividades e função, salvo exceções;
  2. dentro dos horários de trabalho;
  3. e sem ônus ao empregador, sendo custeadas integralmente pelo empregador.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *