A partir de 2019, começa, no Brasil, a obrigatoriedade de implementação do eSocial nas empresas. Até o mês de julho, todas elas, independentemente do faturamento, precisarão fazer o envio das informações de processos, controle de postos de trabalho e sistemas de forma centralizada.

Será necessário incluir Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), atestado de saúde ocupacional (ASO) e os Equipamentos de Proteção Individuais e Coletivos.

Dentre essas e outras mudanças, também está prevista a inclusão de alguns treinamentos no eSocial. Quer entender as mudanças previstas? Confira o artigo!

O que muda em relação aos treinamentos com o eSocial?

Será necessário incluir no evento S-2245, de acordo com a tabela 29 e seus respectivos códigos, os treinamentos previstos pelas Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho (NR).

Será exigido que, no ato do preenchimento do eSocial, a empresa informe o nome e a ementa (descrição) do treinamento, nome da instituição/empresa/profissional que fez o treinamento, o período da realização e a carga horária.

Afinal, quais serão os treinamentos obrigatórios?

Abaixo, segue a lista completa dos treinamentos obrigatórios no eSocial a partir de janeiro de 2019.

  • 3203: Treinamento em utilização/descarte de perfurocortantes
  • 3204: Treinamento em utilização de produtos químicos – admissional
  • 3205: Treinamento em utilização de produtos químicos – continuado
  • 3206: Treinamento em proteção radiológica – admissional
  • 3207: Treinamento em proteção radiológica – continuado
  • 3208: Treinamento em manipulação de fontes seladas em braquiterapia
  • 3209: Treinamento dos empregados envolvidos com resíduos dos serviços de saúde – admissional
  • 3210: Treinamento dos empregados envolvidos com resíduos dos serviços de saúde – continuado
  • 3211: Treinamento em limpeza dos serviços de saúde – admissional
  • 3212: Treinamento em limpeza dos serviços de saúde – continuado
  • 3213: Treinamento em manutenção de máquinas e equipamentos em serviços de saúde – admissional
  • 3214: Treinamento em manutenção de máquinas e equipamentos em serviços de saúde – continuado
  • 3215: Treinamento na operação de equipamentos nos serviços de saúde
  • 3299: Outros treinamentos de trabalhadores em estabelecimentos de saúde
  • 3401: Treinamento admissional de trabalhadores da indústria naval
  • 3402: Treinamento periódico de trabalhadores da indústria naval
  • 3403: Treinamento eventual de trabalhadores da indústria naval
  • 3404: Treinamento do observador (vigilância especial contra incêndios) na indústria naval
  • 3405: Treinamento sinaleiro e operador – Movimentação de cargas na indústria naval
  • 3406: Treinamento complementar para o operador – Movimentação de cargas) na indústria naval
  • 3407: Treinamento inicial para realização de testes de estanqueidade na indústria naval
  • 3408: Treinamento periódico para realização de testes de estanqueidade na indústria naval
  • 3409: Capacitação do operador de plataforma elevatória na indústria naval
  • 3410: Capacitação da equipe de trabalho para resgate em altura na indústria naval
  • 3411: Capacitação em jateamento e hidrojateamento na indústria naval
  • 3412: Capacitação nas atividades de pintura na indústria naval
  • 3413: Capacitação para movimentação eletromecânica de cargas na indústria naval
  • 3414: Capacitação para montagem, desmontagem e manutenção de andaimes na indústria naval
  • 3415: Capacitação nas atividades com equipamento portátil rotativo na indústria naval
  • 3416:Capacitação nas atividades de Fixação e Estabilização Temporária de Elementos Estruturais na indústria naval
  • 3501: Treinamento de trabalho em altura
  • 3502: Treinamento periódico bienal de trabalho em altura
  • 3503: Treinamento eventual de trabalho em altura
  • 3504: Capacitação da equipe de salvamento – trabalho em altura

Como um software de gestão pode ajudar?

Apesar de o intuito das mudanças ser otimizar a rotina do RH,diante do volume de dados que precisa ser informado corretamente, é importante contar com um software de gestão.

Isso porque o menor dos erros pode ser prejudicial para a empresa, e um software específico para gerenciar de forma integrada todas as normatizações relativas à segurança do trabalho e prestação de informações ao governo garante o cumprimento da lei.

Existem soluções inteligentes e desenvolvidas para atender as particularidades de cada cliente. Fato é que o treinamento no eSocial é uma das novidades, mas muitas outras ainda podem surgir. Contar com um sistema de gerenciamento confiável torna essa e todas as mudanças futuras mais simples de serem implementadas.

Ficou com alguma dúvida sobre as mudanças no treinamento do eSocial? Deixe um comentário! Estamos à disposição para ajudá-lo a entender tudo sobre a nova obrigatoriedade!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *